Club Med Itaparica

ClubMed Itaparica

ClubMed Itaparica

Quando Juju fez 2 anos nós resolvemos passar uns dias na Ilha de Itaparica, na Bahia. Era novembro e aproveitamos uma promoção muito boa do Club Med para curtirmos em família.

DVD portátil para as horas de espera no aeroporto

DVD portátil para as horas de espera no aeroporto

Prontas para o embarque

Prontas para embarcar!

Só para lembrar, um ano antes tínhamos visitado o Club Med Rio das Pedras, em Angra dos Reis onde tivemos uma experiência fantástica. Estávamos com a expectativa bem alta quando iniciamos a longa jornada desde Porto Alegre.

Família no avião

Família no avião

Juju no Transfer

Juju no Transfer

O avião fez uma escala no Rio de Janeiro antes de seguirmos para Salvador. De lá fomos de van até a balsa, onde tivemos que esperar um pouco (uns 30 mins) até os portões se abrirem. Entramos com a van na balsa e, uma vez lá dentro, podíamos sair para curtir a viagem.

Manoela na Balsa

Manoela na Balsa no caminho para Itaparica

Juju e Papai na Balsa

Juju e Papai na balsa

A travessia é bem rápida, cerca de 20 minutos. Uma vez em Itaparica uma pequena jornada por terra até chegarmos no Club Med. O dia estava muito nublado e quente e, assim que chegamos, tivemos que esperar um bocado para fazermos o check in.

ClubMed Itaparica

ClubMed Itaparica

ClubMed Itaparica

ClubMed Itaparica

Havia suco e água na recepção mas estávamos cansados do dia todo de viagem e queríamos ir logo para o quarto. Depois de um bom tempo finalmente conseguimos entrar no quarto, quando já estava anoitecendo. Foi só o tempo de descansar um pouco e começou a chover. Mas choveu muito! As meninas estavam com fome então ligamos para portaria para saber onde seria o jantar.

Caminho entre os coqueiros

Caminho entre os coqueiros

Lembro que o Club Med é All Inclusive e em Itaparica tem 2 restaurantes além da área do teatro que também vira restaurante em algumas ocasiões. O restaurante Pelourinho, no prédio principal e o restaurante Cabana que fica no meio do coqueiral. Tem também o bar da piscina. Apesar da chuva torrencial, o jantar seria servido no restaurante Cabana, que era bem longinho do nosso quarto.

Restaurante Cabana

Restaurante Cabana

O caminho até o restaurante é coberto por uma estrutura de sapê mas para chegar até ela desde o nosso quarto foi preciso pedirmos à recepção alguma ajuda, por conta da chuva. Logo levaram capas de plástico até nosso quarto, mas eram somente de tamanho grande, para adultos. Adaptamos um para Manoela e a Juju foi no colo do pai.

Passeio coberto que leva ao restaurante Cabana

Passeio coberto que leva ao restaurante Cabana

Passeio coberto

Passeio coberto

Não foi um início muito bom, infelizmente. O jantar não estava grande coisa e quando voltamos ao quarto sentimos um cheiro super forte de umidade. A Juliana logo começou a tossir, com um início de alergia. No outro dia a chuva parou mas o cheiro de umidade continuava então fomos até a recepção pedir para trocarmos de quarto.

(Foto da foto) Foto aérea que mostra toda a área do resort

(Foto da foto) Foto aérea que mostra toda a área do resort

Nosso quarto era do tipo familiar, ou seja, dois quartos ligados por uma porta, cada um com seu banheiro. A instalação era bem confortável (apesar de não ser cama de casal e sim 2 camas de solteiro unidas), ótima para uma família com 2 ou até 3 crianças (2 camas e um berço no quarto das crianças). O problema é que o piso era de madeira e ao lado do rio, o que eu acredito ser a causa do cheiro forte de umidade.

Quarto Familiar - parte do casal

Quarto Familiar – parte do casal

Suite do Casal

Suite do Casal

Suite das Crianças

Suite das Crianças com Porta Comunicante

Suite das Crianças

Suite das Crianças

O upgrade imediato era para um quarto familiar em outra área mas não havia disponibilidade para o período que ficaríamos. Além disso custaria praticamente o dobro do valor. Resolvemos ficar com nosso quarto mesmo e torcer para abrir o sol, o que aconteceu no dia seguinte :-).

ClubMed Itaparica

ClubMed Itaparica

ClubMed Itaparica

ClubMed Itaparica

ClubMed Itaparica

ClubMed Itaparica

O hotel é bem grande, com aquela variedade de entretenimento e atividades conhecida dos grandes resorts. O coquerial é lindo e as redes convidativas. Na noite branca o jantar foi organizado e servido ali e foi muito lindo. Após o jantar teve um show no trapézio, uma das grandes atrações do resort.

Redes no Coqueiral

Redes no Coqueiral

Jantar no Coquerial

Jantar no Coquerial

Jantar "Noite Branca" no coquerial

Jantar “Noite Branca” no coqueiral

Os hóspedes podem fazer aulas no trapézio e corda-bamba, além de arco-e-flecha, vela, oficinas de gastronomia, aulas de dança, ping-pong, teatro, entre tantas outras atividades. Nós ficamos o tempo todo com as meninas mas para quem quiser tem opções de aulas de tênis, Vôlei de Praia e de quadra, SPA, Academia, festas, etc…

Corda-Bamba para crianças

Corda-bamba para crianças

Show Noturno no Trapézio

Show Noturno no Trapézio

Show Noturno no Trapézio

Show Noturno no Trapézio

Nossa rotina era aquela vida difícil de resort (!): acordar, tomar café da manhã, passear pelo hotel, ir para a praia e/ou piscina até a hora do almoço. Normalmente almoçávamos no restaurante Pelourinho, que tinha bastante opções de frutos do mar, carnes brancas e vermelhas e saladas.  As garçonetes eram baianas e muito simpáticas e, de vez em quando, tinha alguma atividade extra como a noite brasileira. Depois do almoço uma soneca e saíamos para atividades que variavam conforme o dia. Essa facilidade e conforto são minhas principais motivações para escolher resorts. Fica tudo ali em um só local, sem deslocamentos, sem ter que pensar muito… é só curtir e pronto!

Pula-Pula para a gurizada

Pula-pula para a gurizada

Aula de Zumba

Aula de Zumba

Aula de Vela

Aula de Vela

Juju pronta para a praia

Pronta para a praia

Catando Conchinhas na Praia

Catando Conchinhas na Praia

Uma pausa no meio da tarde para lanchinho de frutas, sucos e bolo e mais brincadeiras, aulas de dança, pula-pula, clubinho, etc… muita diversão para toda a família. Quando anoitecia, o bar da piscina era a concentração animada, com muito forró e danças variadas. As meninas adoravam essa programação e sempre pediam para estar lá na hora da dança.

Hora do Lanche

Hora do Lanche

Club Med Itaparica

Club Med Itaparica

Prontas para a Praia

Prontas para a Praia. Detalhe da Carroça típica do ClubMed

Piscina Principal

Piscina Principal

Brincando com as Amigas

Brincando com as Amigas

Depois do jantar era hora do teatro e não perdemos uma noite. O ponto alto era quando tinha espetáculo de cordas e malabarismos, realmente muito bacana de ver. Em duas noites o jantar foi lá mesmo, no teatro, com as mesas enfeitadas e a comida diferenciada dos outros dias.

Jantar na Área do Teatro

Jantar na Área do Teatro

Jantar na Área do Teatro

Jantar na Área do Teatro

As Amigas Reunidas para o Show depois do Jantar

As Amigas Reunidas para o Show depois do Jantar

O Clubinho era bem bacana, com piscina grande e muitas atividades. As meninas, no entanto, estavam “grudadas” na gente, mesmo tendo feito várias amizades por lá. A Juju não podia ficar sem um acompanhante maior de idade, por ter somente 2 anos. Então ficávamos com elas para poderem brincar juntas.

O Clubinho Infantil

O Clubinho Infantil

Praia com as Amigas

Praia com as Amigas

Dentro do Clubinho

Dentro do Clubinho

Outra diferença que notamos entre o Rio das Pedras e Itaparica foi que, no primeiro, a Manoela teve total empatia com os G.Os, bricava muito e se sentia bem à vontade com eles. Já aqui na Bahia foi diferente, ela não curtiu muito, não teve o mesmo entrosamento então nunca queria ficar com eles a não ser que estivéssemos junto. Ainda assim fez muitas atividades junto com a irmã, incluindo dar comida para as iguanas, arco e flecha, ping-pong, etc…. Também davam comida aos peixes que fervilhavam perto do restaurante Pelourinho.

Alimentando as Iguanas

Alimentando as Iguanas

Alimentando as Iguanas

Alimentando as Iguanas

Oficina de Máscaras

Oficina de Máscaras

Oficina Gastronômica - Fazendo Pão

Oficina Gastronômica – Fazendo Pão

Noite Brasileira

Noite Brasileira

O ClubMed Itaparica foi o primeiro ClubMed no Brasil e é, portanto, mais antigo. Mesmo tendo sido reformado não é tão bonito e moderno quanto seus pares do Rio e Trancoso. Outra diferença importante é o número de tridentes, a classificação hoteleira utilizada pelo ClubMed. Itaparica tem 3 tridentes enquanto Rio das Pedras e Trancoso são 4 tridentes.

IMG_5100

Café da Manhã no Restaurante Cabana

IMG_5121 IMG_5122

Essa classificação é percebida, na prática, desde o conforto das acomodações até a comida, passando inclusive pelo teatro. Ou seja, nos resorts com maior classificação tudo é melhor. No nosso caso, como estivemos primeiro no Rio das Pedras acabamos ficando um pouco frustrados com Itaparica. O lugar é lindo mas se compararmos as duas experiências, eu escolho o Rio das Pedras sem piscar. No Restaurante Pelourinho, por exemplo, não tem tantas opções, principalmente de carnes. Todos oferecem opções infantis e copa do bebê. Nós usamos para a mamadeira da Ju, de manhã e de noite. Nas outras refeições as meninas comeram o mesmo que nós, por escolha delas.

Restaurante Pelourinho

Restaurante Pelourinho

Restaurante Pelourinho

Restaurante Pelourinho

Restaurante Pelourinho

Restaurante Pelourinho

Restaurante Pelourinho

Restaurante Pelourinho

Detalhe da Decoração do Restaurante Pelourinho

Detalhe da Decoração do Restaurante Pelourinho

Mesa de Doces do Restaurante Pelourinho

Mesa de Doces do Restaurante Pelourinho

Outra questão que eu quero comentar é quanto ao mar. A gente olha aquele marzão lindo, que parece uma piscina. A água é super transparente e a areia fora d´água é grossa mas confortável. O problema é dentro d´água onde a areia tem um fundo meio lodoso, que na opinião da nossa família não é nada atrativo ou confortável. Nós gostamos mais da sensação de areia fofa e limpa. Com isso as meninas preferiam brincar só na areia ou então nadar na piscina, aproveitamos pouco o mar.

Quanto mais fundo mais lodoso. Na beirinha a areia é bem limpinha.

Quanto mais fundo mais lodoso. Na beirinha a areia é bem limpinha mas grossa.

IMG_5434 IMG_5168 IMG_5166

O teatro também deixou à desejar, se compararmos com o do Rio das Pedras, em termos de produção mesmo. Para quem não conhece, são osp´roprios G.Os (Gentis Organizadores) que fazem os shows. Apesar disso, o diferencial foram os trapezistas e malabaristas que era bem bacanas e as meninas adoravam.

Show dos trapezistas

Show dos trapezistas no ClubMed Itaparica

Artistas no ClubMed Itaparica

Artistas no ClubMed Itaparica

IMG_5542

Mesmo com essa diferença entre as duas experiências eu continuo achando resorts como o ClubMed uma ótima opção para ferias familiares. Étudo muito tranquilo e confortável, com as diferenças que coloquei aqui no post baseadas em nossas experiências. Eu voltaria com certeza!

Club Med Itaparica:

Para mais informações consulte o site do hotel aqui.

Já viu nossos posts sobre o ClubMed Rio das Pedras aqui?

Veja mais fotos deste e outros destinos bacanas no nosso Instagram, basta clicar no botão abaixo.

Aproveite para seguir nossa fanpage no Facebook, onde contamos todas nossas andanças por aí.

Claudia Bins

Gerente de Projetos, Blogueira de Viagens, Escritora e Editora de Conteúdo, sou apaixonada por minha família, por viagens e livros, fotografia e marketing digital. Viciada em café!

2 Comments:

  1. Keep up the excellent job and producing in the crowd! http://tinyurl.com/jjl3tn9

  2. Belíssimas férias. Lugar sensacional.

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*