Respeitável Público! Museu de Arte John e Mable Ringling

Visitamos a cidade de Sarasota em Fevereiro, como parte de nossa #FloridaExperience, uma viagem de um mês pela Florida que conjugou estudos e passeios para toda a família. Sarasota fica no oeste da Florida, no Golfo do México, ao norte de Naples e a duas horas de Orlando. É uma graça de cidade que, além de praias maravilhosas, tem o museu John & Mable Ringling. Na verdade, muito mais do que um museu, é um complexo cultural.

Jardim do Museu de Arte

A propriedade que pertenceu à John Ringling, empresário do ramo circense que nasceu em 1866, tem 66 acres e fica às margens da baía de Sarasota. O complexo engloba um Museu de Arte, o Museu do Circo, Jardins cuja visitação é gratuita, 2 Cafés e um Restaurante, uma loja, um Centro Educacional, uma Biblioteca e um Teatro.

 

Toda a propriedade é servida por um serviço de Tram (parecem um carrinhos de Golf maiores) para quem quiser ou precisar fazer o deslocamento entre os prédios, grátis. As pessoas que trabalham no museu, inclusive os motoristas dos trams, são todas mais velhas, a maioria voluntários, aposentados que atendem ao público com uma gentileza e um sorriso no rosto difíceis de encontrar por aí. A gente sente que eles curtem o que fazem.

 

 

Como disse acima, a visitação aos jardins é gratuita e inclui o Museu de Arte, mas para visitar a Residência e o Museu do Circo é preciso comprar ingressos que valem cada centavo. Os valores são diferenciados para adultos, crianças e pessoas acima de 65 anos.

 

 

O Museu do Circo foi criado em 1948 e foi o primeiro museu a documentar a história do circo. Abriga o “Howard Bros. Circus Model”, uma réplica em miniatura em escala 1:16 que apresenta oito tendas de circo e 42000 objetos que mostram o circo Ringling Bros. and Barnum & Brailey e suas tendas, conforme era montado no tamanho original. Só a maquete já valeria a visita! Tem uma riqueza de detalhes impressionante, algumas peças são móveis e algumas telas em miniatura também mostram cenas reais do circo em pleno funcionamento. É simplesmente encantador!

 

 

 

 

As galerias do Museu são bem interativas e estimulam as crianças a participarem, simulando situações circenses, como a corda bamba, o cavalo, etc… Em outras tantas pode-se assistir vídeos que mostram as atrações em quiosques ou salas.

 

 

 

Vestuários em exposição, workshop de pintura de palhaço, simuladores de flecha humana, personagens famosos, cartazes, curiosidades, entre outras tantas atrações circenses explicadas e expostas de maneira lúdica encantaram nossa família.

 

 

 

 

 

Chovia muito quando visitamos, infelizmente, o que prejudicou nosso passeio pelos jardins. Com o mais antigo roseiral da Florida, era orgulho da Sra. Ringling, que o criou com mais de 1200 roseiras. Em sua homenagem uma variedade leva seu nome, Mable. Apesar da chuva não deixamos de visitar a bela mansão chamada de Ca’d’Zan (ou “Casa de John”), residência de inverno dos Ringlins, construída entre 1924 e 1926. Em estilo Veneziano Gótico, foi inspirada no Palácio dos Doges de Veneza e no minarete da Torre de Giralda, em Sevilha. Apaixonados pela Itália, o casal elegeu o local como destino de férias utilizado para receber e entreter seus muitos convidados.

 

O andar térreo da casa pode ser feito com ou sem visita guiada, já para visitar o andar superior onde estão os quartos é preciso comprar outro ingresso, na entrada do Museu ou então lá mesmo na casa. Na saída, logo após a cozinha pode-se ver fotografias dos cômodos do andar superior.

A vista da baía é linda e fico só imaginando em um dia ensolarado que delícia deve ser sentar no jardim e ficar apreciando…

 

Já o Museu de Arte reúne obras de Rubens, Van Dyck, Titian, Velázquez, El Greco, entre outros tantos artistas e de seus pupilos, além de antiguidades e fotografias de artistas asiáticos. Tudo reunido em um palacete estilo renascentista com 21 galerias. Em 2007 foi inaugurada a ala Skyspace que traz exposições temporárias de artistas contemporâneos.

 

 

 

 

Todos os cômodos tem folhetos explicativos para consulta e também é possível fazer visitas guiadas.

John Ringling sonhava em transformar a cidade em um destino cultural e construiu o museu com um jardim italiano ao centro, muito bonito por sinal, com uma réplica de David de Michelangelo que acabou se tornando um símbolo de Sarasota.

Não visitamos o Teatro Asolo nem o Centro Cultural. O teatro foi construído na cidade de Asolo na Itália, como parte do palácio da então Rainha de Chipre, Caterina de Cornaro. Mais tarde, em 1949, foi adquirido e levado à Sarasota para integrar o complexo cultural The Ringling.

Imperdível para quem visita a região!

Mais informações:

Endereço: 5401 Bay Shore Road, Sarasota
Estacionamento amplo e gratuito.
Informações sobre valores e horários no site: http://www.ringling.org/hours-admissions

Claudia Bins

Gerente de Projetos, Blogueira de Viagens, Escritora e Editora de Conteúdo, sou apaixonada por minha família, por viagens e livros, fotografia e marketing digital. Viciada em café!

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*